O POTENCIAL DO CONCEITO DE BRANQUITUDE PARA UMA ANÁLISE DAS NARRATIVAS HISTÓRICAS SOBRE A FUNDAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

Main Article Content

Mariana Machado Rocha

Resumo

Este artigo tem como finalidade demonstrar o potencial dos desdobramentos dos Estudos Críticos da Branquitude para pensar a historiografia que aborda a fundação da Universidade de São Paulo bem como suas próprias narrativas históricas. Para tanto, apresenta o pensamento racial presente no contexto de fundação da USP, nos anos 1930, o conceito de branquitude, seus usos no Brasil no campo da história e a maneira como as ideias que ele contém favorecem uma interpretação a respeito da produção do silêncio sobre raça e sobre os negros nas narrativas de constituição da Universidade de São Paulo.

Article Details

Como Citar
ROCHA, Mariana Machado. O POTENCIAL DO CONCEITO DE BRANQUITUDE PARA UMA ANÁLISE DAS NARRATIVAS HISTÓRICAS SOBRE A FUNDAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 13, n. 37, p. 107-122, ago. 2021. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1265>. Acesso em: 23 out. 2021.
Seção
Dossiê Temático