RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: ENTRE PRÁTICAS E DISCURSOS ACERCA DA [IN] DISSOCIABILIDADE ENTRE OS CONHECIMENTOS SOCIOCULTURAIS E O CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR QUILOMBOLA NO NORDESTE DO ESTADO DO PARÁ – BRASIL

Main Article Content

Taylon Silva Chaves Raquel Amorim dos Santos

Resumo

Este artigo analisa a [in] dissociabilidade entre os conhecimentos socioculturais e o currículo da Educação Escolar Quilombola em comunidades do nordeste do Pará. O estudo é de abordagem qualitativa com aplicação de questionário. Os dados são tratados a partir do dialogismo discursivo de Bakhtin (2010) e bibliografia especializada acerca da temática étnico-racial. Os resultados apontam a diversidade dos conhecimentos socioculturais das comunidades quilombolas, a invisibilidade da Lei n.º 10.639/2003, a ausência do currículo da Educação Escolar Quilombola e a atuação efetiva das associações de remanescentes quilombolas na realização de eventos culturais e religiosos com a finalidade de manter viva a tradição. Conclui-se serem necessárias mudanças efetivas nas formas de organizar o trabalho pedagógico, pois é a partir desse movimento que será possível fortalecer as identidades e garantir a cidadania dos povos quilombolas.

Article Details

Como Citar
SILVA CHAVES, Taylon; DOS SANTOS, Raquel Amorim. RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: ENTRE PRÁTICAS E DISCURSOS ACERCA DA [IN] DISSOCIABILIDADE ENTRE OS CONHECIMENTOS SOCIOCULTURAIS E O CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO ESCOLAR QUILOMBOLA NO NORDESTE DO ESTADO DO PARÁ – BRASIL. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 13, n. 37, p. 428-455, ago. 2021. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1178>. Acesso em: 23 out. 2021.
Seção
Artigos