APRESENTAÇÃO - “EDUCAÇÃO SUPERIOR E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL: DECOLONIALIDADE E IGUALDADE RACIAL”

Main Article Content

Breitner Tavares Shirley Tate Joaze Bernadino Costa Nilma Lino Gomes

Resumo

Uma das questões mais relevantes nos trabalhos sobre pensamento decolonial se relaciona à tríade da colonialidade do ser, do saber e do poder. Em outra oportunidade (Bernardino-Costa & Grosfoguel, 2016),  em diálogo com a pergunta feita por Stuart Hall dirigida aos chamados estudos pós-coloniais, perguntamo-nos "quando foi o decolonial?" Apontamos como resposta o seguinte: "O decolonial como rede de pesquisadores que busca sistematizar conceitos e categorias interpretativas têm uma existência bastante recente. Todavia, isso responde de maneira muito parcial à nossa pergunta, uma vez que reduziria a decolonialidade a um projeto acadêmico. Para além disso, a decolonialidade consiste também numa prática de oposição e intervenção, que surgiu no momento em que o primeiro sujeito colonial do sistema mundo moderno/colonial reagiu contra os desígnios imperiais que se iniciou em 1492" (Bernardino-Costa & Grosfoguel, 2016: 16-17). Naquela ocasião, também indicamos que, mesmo  sem utilizar o termo colonialidade e/ou decolonialidade, já era possível identificar ideias que giravam em torno do projeto decolonial na longa tradição do pensamento e ativismo negro diaspórico, por exemplo.  Não à toa, intelectuais proeminentes na sistematização do pensamento decolonial, tais como Nelson Maldonado-Torres (2018) e Ramón Grosfoguel (2018), fazem constante menções a autores/as como Oliver Cox, Cedric Robinson, Steve Biko, Frantz Fanon, Aimé Césaire, Angela Davis, bell Hooks, Sylvia Wynter etc., como intelectuais comprometidos/as com um projeto decolonial. Obviamente, levando em consideração a tradição dos/as intelectuais negros/as brasileiros/as, poderíamos adicionar a esta lista autores e autoras como Abdias do Nascimento, Clóvis Moura, Guerreiro Ramos, Lélia González, Beatriz do Nascimento, Sueli Carneiro, Cida Bento etc. 

Article Details

Como Citar
TAVARES, Breitner et al. APRESENTAÇÃO - “EDUCAÇÃO SUPERIOR E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL: DECOLONIALIDADE E IGUALDADE RACIAL”. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 13, n. 37, p. 4-17, ago. 2021. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1259>. Acesso em: 23 out. 2021.
Seção
Dossiê Temático