APRENDIZADOS TRANSATLÂNTICOS: PENSANDO A UNILAB E AS RELAÇÕES ÁFRICA- BRASIL A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DE CAMPO EM GANA

Main Article Content

Maria Andrea dos Santos Soares Cristiane Santos Souza

Resumo

Este artigo busca apresentar reflexões sobre uma viagem que também é um retorno, um retorno às narrativas sobre África, às teorias, às memórias construídas pelos africanos em diáspora. Buscamos compartilhar os diversos níveis, teóricos, conceituais, metodológicos dessa experiência etnográfica nas cidades de Acra e Elmina (Gana) entre os dias 5 e 18 de agosto de 2018. Procuramos não deixar de lado as problematizações advindas do confronto entre as visões míticas de África, os estereótipos sobre África e africanos e a realidade vivenciada de múltiplos contextos, práticas e vozes lá encontradas. Esperamos evidenciar a importância desses aprendizados e sua relação com a missão social da Unilab de contribuir com a integração entre o Brasil e os países africanos; e de forma mais geral com a educação para a história afro-brasileira e da África com suas inúmeras sociedades e culturas.

Article Details

Como Citar
SOARES, Maria Andrea dos Santos; SANTOS SOUZA, Cristiane. APRENDIZADOS TRANSATLÂNTICOS: PENSANDO A UNILAB E AS RELAÇÕES ÁFRICA- BRASIL A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DE CAMPO EM GANA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 13, n. 36, p. 651-679, maio 2021. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1181>. Acesso em: 23 out. 2021.
Seção
Artigos