A TRAJETÓRIA DE HERCÍLIA BATISTA HERCULANO: PERCEPÇÕES NARRADAS SOBRE A POTENCIALIDADE DA MULHER NEGRA E AS TENTATIVAS DE SUA INVISIBILIZAÇÃO

Main Article Content

Ivangilda Bispo dos Santos

Resumo

O presente artigo visa abordar a trajetória de Hercília Batista Herculano – educadora popular, servidora pública, dançarina, artesã, restauradora e conservadora – a partir de suas memórias e vivências. O objetivo principal da análise é apresentar de forma introdutória seu percurso profissional e cultural, ressaltando sua resistência frente ao menosprezo em que o seu trabalho foi situado em alguns momentos. Por meio da entrevista semiestruturada, para contextualizar a narrativa apresentada, a seleção de alguns trechos foi realizada de forma relacional com quatro conceitos, nomeadamente: sexismo, racismo cotidiano, Movimento Negro educador e biografia. Constata-se que apesar dos desafios impostos pelo racismo e o sexismo, fatores recorrentes em suas lembranças, essas discriminações não imobilizaram o percurso de vida de Hercília Herculano, o que não diminui a violência e o impacto desses processos em sua trajetória.

Article Details

Como Citar
SANTOS, Ivangilda Bispo dos. A TRAJETÓRIA DE HERCÍLIA BATISTA HERCULANO: PERCEPÇÕES NARRADAS SOBRE A POTENCIALIDADE DA MULHER NEGRA E AS TENTATIVAS DE SUA INVISIBILIZAÇÃO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 13, n. 36, p. 629-650, maio 2021. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1161>. Acesso em: 28 jul. 2021.
Seção
Artigos