A COR DA IMAGINAÇÃO SOCIOLÓGICA: W.E.B. DU BOIS, STUART HALL E A SOCIOLOGIA DE-SEGREGANTE

Main Article Content

Les Back Maggie Tate Carolina Nascimento de Melo (Tradutora) Angelo Martins Jr. (Tradutor)

Resumo

O racismo e a segregação intelectual limitam e dividem a tradição sociológica. A corrente principal da sociologia branca ignorou historicamente a contribuição dos sociólogos negros e hoje confere a discussão do racismo a um subcampo especializado. Os sociólogos negros, em contraste, há muito tempo estão atentos às correntes sociológicas principais e hegemônicas, ou seja, a sociologia branca. Por meio de uma discussão dos escritos de W.E.B. Du Bois e Stuart Hall e seus respectivos diálogos com figuras como Max Weber e C. Wright Mills, argumenta-se a favor de uma reconstrução profunda da sociologia, tanto no nível da análise quanto da forma, para que ocorra mudanças na maneira como a sociologia fala sobre o racismo e a sociedade como um todo.

Article Details

Como Citar
BACK, Les et al. A COR DA IMAGINAÇÃO SOCIOLÓGICA: W.E.B. DU BOIS, STUART HALL E A SOCIOLOGIA DE-SEGREGANTE. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. 33, p. 623-648, ago. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1022>. Acesso em: 30 set. 2020.
Seção
Biografias