EQUA-AÇÃO OU UMA AÇÃO-INEQUA? REVISITANDO O ENSINO DE EQUACAO DO 2º GRAU EM ANGOLA

Main Article Content

Africano Samo

Resumo

O artigo, é fruto de uma investigação que procura proporcionar aos estudantes do Ensino Secundário de Angola, aperfeiçoar suas habilidades na resolução de equações do 2º grau à uma incógnita. Leva-nos a viajar em diferentes épocas a busca da evolução das Equações do 2º grau que abarca distintos períodos do desenvolvimento da matemática, ocorrido em diversas civilizações. Os matemáticos que contribuíram para a solução de tais equações, através de diferentes métodos, em particular as contribuições de matemáticos egípcios, babilónios, gregos, hindus, árabes e europeus por meio de bibliografias especializadas. Pretendemos que o conteúdo em questão, bem como os demais, sejam explorados em um contexto histórico mais abrangente. Atualmente o ensino sobre á resoluções de equações do 2º grau tem se restringido praticamente em apresentação da fórmula resolvente, relações entre seus coeficientes e suas raízes. Menosprezando a história da Matemática. O foco da pesquisa é o processo de ensino e aprendizagem da matemática em Angola, com objetivo de diversificar as ferramentas por meio da história de matemática e diminuir o leque de dificuldades que persistem na resolução das equações do 2º grau. Sua execução foi possível através dos métodos teóricos, empíricos e o estatístico, todavia, observamos que o estudo nesta perspetiva poderá contribuir para melhoria do ensino e aprendizagem da matemática no país e esperemos alcançar bons resultados.

Article Details

Como Citar
SAMO, Africano. EQUA-AÇÃO OU UMA AÇÃO-INEQUA? REVISITANDO O ENSINO DE EQUACAO DO 2º GRAU EM ANGOLA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 11, n. Ed. Especi, p. 150-172, dez. 2019. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/819>. Acesso em: 27 set. 2020.
Seção
Caderno Temático