Feminismo negro e suas práticas no campo da cultura

Main Article Content

Ana Angélica Sebastião

Resumo

Este estudo aborda práticas discursivas de organizações de mulheres negras (e do movimento de mulheres negras) que, por atuarem no campo simbólico, contribuem para a produção discursiva ressignificada sobre as mulheres negras no contexto brasileiro e diaspórico. A ênfase é na formulação do conceito e das práticas em torno do feminismo negro. O discurso é compreendido a partir da leitura de Norman Fairclough, que o compreende como o resultado do uso da linguagem, moldado socialmente e inserido numa prática social. O trabalho elabora ainda alguns apontamentos sobre as teorias feministas e o feminismo negro nascente hoje no Brasil. 

Article Details

Como Citar
SEBASTIÃO, Ana Angélica. Feminismo negro e suas práticas no campo da cultura. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 1, n. 1, p. 64-77, jun. 2010. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/308>. Acesso em: 31 jul. 2021.
Seção
Artigos