Vozes soantes no Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis: mulheres negras no pós 1945

Main Article Content

Joselina da Silva

Resumo

Grandes eventos marcaram a segunda metade dos anos 1940 e foram influenciadores diretos da constituição do movimento social dos negros brasileiros, provocando o surgimento de novos grupos. É neste cenário que o nome de várias mulheres toma lugar de destaque. Nosso intento, neste texto, é procurar analisar, parte do pensamento de três expressivas lideranças negras e suas demandas que se realizavam na intercessão entre o gênero e a raça, numa perspectiva de superação das desigualdades que se desenhavam naquela conjuntura: Maria de Lurdes Nascimento do Congresso Nacional de Mulheres Negras (RJ, 1950); Nair Theodora Araújo da Associação Cultural do Negro (SP, 1948) e Antonieta de Barros, deputada estadual negra (Florianópolis,1951). 

Article Details

Como Citar
SILVA, Joselina da. Vozes soantes no Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis: mulheres negras no pós 1945. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 1, n. 1, p. 28-38, jun. 2010. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/305>. Acesso em: 23 out. 2021.
Seção
Artigos