CAPOEIRA E ESCOLA: PENSANDO OS SENTIDOS DE PATRIMÔNIO E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO

Main Article Content

Vinícius Oliveira Pereira

Resumo

Criado em 2007, o Programa Mais Educação visa ampliar o tempo de permanência estudantil nas unidades escolares por meio da oferta de diferentes atividades, incluindo a capoeira. Esse artigo, a partir da análise de três documentos/textos: o Manual Operacional da Educação Integral, o material sobre Educação Patrimonial e o livro Lutas, capoeira e práticas corporais de aventura, discute os sentidos atribuídos à capoeira pelo PME e, em que medida, tais sentidos dialogam com o movimento de valorização da história e da cultura afro-brasileira no espaço escolar. Concluímos que, apesar de reconhecer a capoeira como patrimônio cultural, há nos documentos do PME uma sobre-representação da vertente que valoriza os aspectos esportivos da manifestação, situação que não colabora para implementação da Lei 10639/03.

Article Details

Como Citar
PEREIRA, Vinícius Oliveira. CAPOEIRA E ESCOLA: PENSANDO OS SENTIDOS DE PATRIMÔNIO E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 9, n. 21, p. 109-122, fev. 2017. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/230>. Acesso em: 19 set. 2020.
Seção
Dossiê Temático