TRAJETÓRIAS FEMININAS NA FACULDADE DE MEDICINA DA BAHIA (1879-1949)

Main Article Content

Iole Macedo Vanin Lima Maria Brandão de Aras

Resumo

 O artigo trata da análise de trajetórias discentes na Faculdade de Medicina da Bahia, nos anos de 1879 a 1949, quando foram identificadas aquelas formadas em medicina, odontologia e farmácia. A discussão se pauta nos estudos de gênero, na inserção das mulheres no curso superior no Brasil na área de formação em saúde e seus vínculos profissionais na sociedade baiana. Busca, ainda, discutir a inserção da mulher no mercado de trabalho a partir da conclusão de curso superior.  

Article Details

Como Citar
VANIN, Iole Macedo; ARAS, Lima Maria Brandão de. TRAJETÓRIAS FEMININAS NA FACULDADE DE MEDICINA DA BAHIA (1879-1949). Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 6, n. 14, p. 189-213, out. 2014. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/138>. Acesso em: 18 set. 2020.
Seção
Dossiê Temático