BRASIL DA DÉCADA DE 30: INTELECTUAIS, PROJETO NACIONAL E A “RAÇA BRASILEIRA”

Main Article Content

Nara Maria Carlos de Santana

Resumo

A participação dos intelectuais na construção da brasilidade foi uma das características marcantes de todo o período Vargas. As atividades políticas dos intelectuais preocupados com a questão nacional foram iniciadas ainda no século XIX. A idéia era de que os intelectuais como elite, poderiam fomentar o desenvolvimento social, a partir de seus conhecimentos e da observação de manifestações culturais autenticamente “superiores”. Neste trabalho, apresentamos as propostas varguistas sistematizadas por seus ideólogos Francisco Campos e Azevedo Amaral, em suas obras O Estado Nacional e Getúlio Vargas, estadista. A partir de uma metodologia que privilegiou a análise de fontes secundárias, pretendemos entender as características fundadoras do projeto de Estado Nacional com destaque para a proposta de uma “raça brasileira”.

Article Details

Como Citar
SANTANA, Nara Maria Carlos de. BRASIL DA DÉCADA DE 30: INTELECTUAIS, PROJETO NACIONAL E A “RAÇA BRASILEIRA”. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 6, n. 14, p. 91-109, out. 2014. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/131>. Acesso em: 18 set. 2020.
Seção
Dossiê Temático