POLÍTICA CURRICULAR E RELAÇÕES RACIAIS: O ESTADO DA ARTE NAS PRODUÇÕES DA ANPED

Main Article Content

Raquel Amorim dos Santos Wilma de Nazaré Baía Coelho

Resumo

O estudo apresenta análise de artigos da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), no Grupo de Trabalho Educação e Relações Étnico-Raciais (GT-21), cuja produção científica está localizada na área da Educação e Relações Raciais, com ênfase na educação dos afro-brasileiros. Especificamente, neste trabalho nos deteremos no levantamento das produções encontradas nos Anais das Reuniões Anuais da ANPED (25ª a 34ª), relativas ao período de 2000 a 2011, as quais apresentam como ênfase temática em seu conjunto de textos: a política educacional, a política curricular, as políticas de ações afirmativas, o Movimento Negro e a Lei nº 10.639/2003. Neste estudo utilizamos a abordagem qualitativa com aplicação da pesquisa bibliográfica. A metodologia seguiu a tendência para estudos de análise de Estado da Arte (Müller, 2015) na área da Política Curricular e Relações Raciais. É importante salientar, que nos limites do presente texto, optou-se pela análise do dialogismo discursivo (Bakhtin, 2003, 2010). Neste sentido, Bakhtin (2003) aponta que o dialogismo, se mostra nas muitas vozes criando e recriando sentidos e significados às palavras ditas e às não ditas entre locutor e interlocutor. Os resultados revelam que as pesquisas sobre Educação e Relações Raciais foram ampliadas na última década no Brasil, favorecendo a abertura de espaços de discussões e busca de alternativas para minimizar a discriminação racial e o preconceito nas escolas. Concluímos que esses estudos impulsionam o debate sobre a superação do racismo, discriminação e preconceito racial nos diferentes campos sociais.

Article Details

Como Citar
SANTOS, Raquel Amorim dos; COELHO, Wilma de Nazaré Baía. POLÍTICA CURRICULAR E RELAÇÕES RACIAIS: O ESTADO DA ARTE NAS PRODUÇÕES DA ANPED. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 8, n. 20, p. 111-134, out. 2016. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/12>. Acesso em: 18 set. 2020.
Seção
Artigos