W.E.B. DU BOIS E A INAUGURAÇÃO DE UMA SOCIOLOGIA INTERSECCIONAL

Main Article Content

Reilad Rabaka Fernando Oliveira da Costa (Tradutor) Angelo Martins Jr.

Resumo

Como um breve exercício dentro da sociologia crítica da sociologia, esse artigo demonstra as inegáveis contribuições de W.E.B. Du Bois para a história, discurso e desenvolvimento da sociologia americana, em particular, e para o campo mais amplo da sociologia, em geral. Essa abordagem dialética para com o discurso sociológico de Du Bois possibilitará interpretes de seus trabalhos a verem que quando comparados e contrastados com as obras monumentais de Karl Marx, Max Weber e Emile Durkheim, o que ficou e o que permanece verdadeiramente característico e distinto sobre a sociologia de Du Bois é precisamente sua despretensiosa preocupação, unicamente e inequivocamente, com as questões sociais, políticas e culturais americanas, como por exemplo: raça e o racismo anti-negro no contexto da escravidão, linchamentos, Black Codes, as leis do Jim Crow, segregação, e outras formas de opressão racial nos Estados Unidos; capitalismo racial e a colonização racial de classes sociais nos EUA; a colonização racial de gênero e sexualidade nos EUA; a colonização racial da religião nos EUA; a colonização racial da educação nos EUA; e finalmente, a criminalização racial da população negra, dentre outras populações racialmente colonizadas e muito pobres nos EUA.

Article Details

Como Citar
RABAKA, Reilad; OLIVEIRA DA COSTA (TRADUTOR), Fernando; MARTINS JR., Angelo. W.E.B. DU BOIS E A INAUGURAÇÃO DE UMA SOCIOLOGIA INTERSECCIONAL. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. 33, p. 586-622, ago. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <https://abpnrevista.org.br/index.php/site/article/view/1020>. Acesso em: 29 set. 2020.
Seção
Biografias