OPÇÃO DECOLONIAL E ANTIRRACISMO NA EDUCAÇÃO EM TEMPOS NEOFASCISTAS

Main Article Content

Luiz Fernandes de Oliveira

Resumo

Resumo: Este artigo é uma reflexão epistêmica e política a partir da nova realidade brasileira neoconservadora instalada a partir de 2016 e aprofundada com a eleição de um governo de ultradireita a partir de 2018. Nesta nova conjuntura, apresentamos os possíveis riscos políticos do fim de uma legislação antirracista na educação brasileira (a Lei 10.639/03) e quais os possíveis caminhos de uma insurgência política e epistêmica para reafirmar que a produção de um conhecimento antirracista em educação depende fundamentalmente do engajamento político e epistêmico em lutas concretas contra o racismo estrutural brasileiro. Enfim, a perspectiva que trabalharemos neste texto é aquela de que o horizonte da utopia igualitária em educação está sempre presente, pois aprendemos com a história que aquilo que foi impossível e inimaginável um dia, se concretizou a partir da ação política insurgente de sujeitos coletivos que assumiram a tarefa de transformar sua realidade.

Article Details

Como Citar
OLIVEIRA, Luiz Fernandes de. OPÇÃO DECOLONIAL E ANTIRRACISMO NA EDUCAÇÃO EM TEMPOS NEOFASCISTAS. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. 32, p. 11-29, maio 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/881>. Acesso em: 05 jul. 2020.
Seção
Dossiê Temático