MASCULINIDADES, RACISMO E O DESAFIO DE CORPOS NEGROS NA ESCOLA: NARRATIVAS DE HOMENS NEGROS

Main Article Content

SANDRA REGINA DE SOUZA MARCELINO

Resumo

Neste artigo, apresento relatos de três homens negros moradores da cidade do Rio de Janeiro e Baixada Fluminense sobre suas experiências de gênero e raça no cotidiano escolar. Procuramos conhecer qual era o significado da escola para esses homens e suas percepções acerca de situações de racismo vivenciadas nesse lugar. Em seguida, analisamos como a escola reforça a construção das masculinidades e do racismo desafiando a trajetória escolar de meninos e jovens negros. Consideramos que os corpos brancos são marcadores de privilégios e desejáveis na escola fortalecendo as desigualdades e legitimando expectativas mais baixas para os meninos negros.

Article Details

Como Citar
MARCELINO, SANDRA REGINA DE SOUZA. MASCULINIDADES, RACISMO E O DESAFIO DE CORPOS NEGROS NA ESCOLA: NARRATIVAS DE HOMENS NEGROS. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 11, n. 30, nov. 2019. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/804>. Acesso em: 07 dez. 2019.
Seção
Dossiê Temático