MATRIZES NEGRO-AFRICANAS DO CÁLCULO ALGÉBRICO: O CONHECIMENTO MATEMÁTICO PRESENTE NO PAPIRO AHMES

Main Article Content

Gustavo Henrique Araújo Forde

Resumo

Este artigo resulta de trabalho de pesquisa cujo objetivo foi investigar matrizes matemáticas de ascendência africana e tecer reflexões que problematizem a presença africana no ensino de matemática, em particular, no ensino de cálculo algébrico. Por meio de procedimentos de análise histórica, investigamos a presença egípcio-africana no desenvolvimento do pensamento matemático no período de aproximadamente 2000 a.C. até 332 a.C., época que corresponde ao período do surgimento, apogeu e declínio do Egito faraônico e à fase inicial do período Helênico.

Article Details

Como Citar
FORDE, Gustavo Henrique Araújo. MATRIZES NEGRO-AFRICANAS DO CÁLCULO ALGÉBRICO: O CONHECIMENTO MATEMÁTICO PRESENTE NO PAPIRO AHMES. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 11, n. Ed. Especi, p. 109-127, dez. 2019. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/782>. Acesso em: 21 fev. 2020.
Seção
Caderno Temático