A ATUAÇÃO DA COMISSÃO DE VALIDAÇÃO DE AUTODECLARADOS NEGROS NA UFSC: UMA EXPERIÊNCIA POLÍTICO-PEDAGÓGICA

Main Article Content

Joana Célia dos Passos

Resumo

O presente artigo tem como objetivo relatar e analisar a experiência das bancas de validação realizadas na Universidade Federal de Santa Catarina, no ano de 2018, a fim de contribuir com a construção de um processo que é considerado por nós como político-pedagógico ao buscar assegurar as vagas para negros(as) na política de ações afirmativas. Para isso, apresentamos um breve histórico das ações afirmativas na UFSC, as normativas nacionais e institucionais que subsidiam juridicamente as cotas e, por fim, o processo e procedimentos de heteroidentificação vivenciados como presidente da comissão de validação. O processo em curso indica que há avanços, mas também, aspectos a serem superados na consolidação das ações afirmativas e nos procedimentos utilizados para a validação da autodeclaração de negros(as).

Article Details

Como Citar
PASSOS, Joana Célia dos. A ATUAÇÃO DA COMISSÃO DE VALIDAÇÃO DE AUTODECLARADOS NEGROS NA UFSC: UMA EXPERIÊNCIA POLÍTICO-PEDAGÓGICA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 11, n. 29, p. 136-158, ago. 2019. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/756>. Acesso em: 16 set. 2019.
Seção
Dossiê Temático