HISTÓRICO E DESAFIOS NO PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DAS COMISSÕES DE HETEROIDENTIFICAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Main Article Content

Régis Rodrígues Elísio Antônio Cláudio Moreira Costa Guimes Rodrigues Filho

Resumo

Este texto tem como objetivo discutir o acesso a educação das populações negras e indígenas, a partir das políticas de ações afirmativas, com especial enfoque na lei 12.711/12. Procuraremos enfatizar a importância do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro – NEAB, da Universidade Federal de Uberlândia, no processo de efetivação da referida lei. Para tanto, nos propomos apresentar o histórico da impementação da “lei de Cotas” na UFU e como ela está sendo aplicada na graduação, na pós-graduação e nos processos de seleção de professores e técnicos administrativos. Romper com paradigmas históricos de exclusão, racismo e preconceito não é um processo tranquilo, pois as forças hegemônicas não querem perder seus privilégios e se organizam para tentar impedir a implementação de qualquer política que vise atender demandas das poluções negra e indígena. Apontar os desafios e buscar estratégias para superá-los é fundamental nesse processo.

Article Details

Como Citar
ELÍSIO, Régis Rodrígues; COSTA, Antônio Cláudio Moreira; FILHO, Guimes Rodrigues. HISTÓRICO E DESAFIOS NO PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DAS COMISSÕES DE HETEROIDENTIFICAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 11, n. 29, p. 41-56, ago. 2019. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/750>. Acesso em: 11 nov. 2019.
Seção
Dossiê Temático