“O MUNDO NO BLACK POWER DE TAYÓ”: IDENTIDADE, EDUCAÇÃO E MULTICULTURALIDADE

Main Article Content

Mariana de Souza Alves Érica Maria Silva Montenegro de Mélo Hilda Pimentel Carvalho de Souza

Resumo

Trata de uma análise da obra literária “O mundo no black power de Tayó”, história de uma menina que projeta em seu penteado black power, o reconhecimento e valorização da identidade da população negra e por meio dele expressa sua autonomia, beleza e felicidade. Para isso, a pesquisa utiliza alguns conceitos socioantropológicos, tais como, cultura, negritude e pós-colonialismo, além de uma perspectiva educacional e literária acerca de como esses pilares são trabalhados nessas duas instâncias. Conclui que a literatura infantil é um recurso importante para o desenvolvimento de práticas e discussões pedagógicas que promovam a reflexão sobre a multiculturalidade e o consequente combate à discriminação por meio da valorização da ancestralidade, história e cultura de cada povo fortalecendo a identidade da criança para que ela possa sentir-se como Tayó, com sua personalidade fortalecida e pronta para enfrentar com leveza e atitude as mais diversas manifestações de indiferença e atos discriminatórios.

Article Details

Como Citar
DE SOUZA ALVES, Mariana; MÉLO, Érica Maria Silva Montenegro de; SOUZA, Hilda Pimentel Carvalho de. “O MUNDO NO BLACK POWER DE TAYÓ”: IDENTIDADE, EDUCAÇÃO E MULTICULTURALIDADE. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 12, n. 31, fev. 2020. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/658>. Acesso em: 28 mar. 2020.
Seção
Artigos