A FORMAÇÃO DISCURSIVA PÓS-COLONIAL EM ALBERTO GUERREIRO RAMOS

Main Article Content

Leonardo Borges da Cruz

Resumo

Estudiosos(as) das relações raciais no Brasil têm dedicado energia em análises da contribuição de precursores(as) negros(as), dando voz a quem abriu caminho para consolidar a participação de negros(as) no debate acadêmico e refiná-lo ampliando outras vozes qualificadas. Assim, abordo a contribuição do sociólogo negro Alberto Guerreiro Ramos nos estudos do que ele chamou de hierarquias raciais. A ideia é demonstrar como ele contribuiu em termos de ação intelectual, política e pessoal para a existência de um entendimento autêntico (não eurocêntrico) sobre as relações raciais no Brasil. Faço, para tanto, uso da contribuição de importantes intérpretes do pensamento de Guerreiro Ramos, demonstrando seu caráter aproximativo do atual pós-colonialismo, ao mesmo tempo em que debato a (im)possibilidade de um pensamento negro nos estudos de nosso autor.

Article Details

Como Citar
CRUZ, Leonardo Borges da. A FORMAÇÃO DISCURSIVA PÓS-COLONIAL EM ALBERTO GUERREIRO RAMOS. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, n. 25, p. 141-164, jun. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/611>. Acesso em: 17 fev. 2020.
Seção
Dossiê Temático