DE “PAPA-PECÚLIOS” A TIGRE DA ABOLIÇÃO: A CONSTRUÇÃO DA LEGENDA DE JOSÉ DO PATROCÍNIO NAS ÚLTIMAS DÉCADAS DO SÉCULO XIX

Main Article Content

Ana Carolina Feracin da Silva

Resumo

Este artigo aborda alguns episódios da trajetória social do jornalista José Carlos do Patrocínio (1853-1905), reconhecido como um dos baluartes da campanha abolicionista na corte imperial ao final do século XIX. A problemática desenvolve-se em mão dupla: se por um lado busco entender o processo de construção de uma memória sobre Patrocínio que faz perder de vista a densidade de sua experiência histórica, por outro lado, faz parte de sua própria experiência pessoal a elaboração cotidiana de uma certa memória sobre si — que alimentaria, por sua vez, os seus futuros biógrafos. Desta maneira, as apologias e o tom laudatório que caracterizam os textos biográficos têm muito em comum com a forma que José do Patrocínio tentou representar a si mesmo no interior de conflitos políticos específicos — e cujo sentido original ficou perdido nas narrativas posteriores.

Article Details

Como Citar
SILVA, Ana Carolina Feracin da. DE “PAPA-PECÚLIOS” A TIGRE DA ABOLIÇÃO: A CONSTRUÇÃO DA LEGENDA DE JOSÉ DO PATROCÍNIO NAS ÚLTIMAS DÉCADAS DO SÉCULO XIX. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, n. 25, p. 69-81, jun. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/608>. Acesso em: 29 fev. 2020.
Seção
Dossiê Temático