DOUTOR TITO LIVIO DE CASTRO: NOVAS LUZES SOBRE A TRAJETÓRIA DE VIDA DE UM INESPERADO MÉDICO NEGRO NA CAPITAL DO BRASIL OITOCENTISTA

Main Article Content

José Antonio Novaes da Silva

Resumo

Tito Lívio de Castro (1864-1890) foi um médico negro darwinista que viveu no Rio de Janeiro oitocentista e que teve sua vida ceifada pela tuberculose quando este apresentava apenas 26 anos de idade. Seu contato com as primeiras letras ocorreu em casa, alfabetizado pelo seu padrinho, um português chamado de Manoel Paes, que o criou após ter sido exposto em sua porta com tenra idade. Sua instrução formal, por sua vez, teve início no Liceu Comercial, indo em seguida para o então renomado Colégio Pedro II, no qual se formou em Letras (1883). Em 1884, iniciou seu curso superior na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, tendo se formado médico, doutorando-se em dezembro de 1889. Sua tese de doutorado, Das allucinações e ilusões, desenvolvida junto à cadeira de Psiquiatria, foi muito bem acolhida e elogiada, abrindo-lhe caminho para ocupações de destaque. De sua produção intelectual, constam ainda dois livros que foram publicados postumamente, são eles: A mulher e a sociogenia (1893) e Questões e problemas (1913). Considerando estes estudos produzidos pelo doutor Tito Lívio, neste artigo, procuramos analisar os seus escritos, mostrando que, embora fosse darwinista e um epígono de Sylvio Romero, ao debruçar sobre a psicologia da mulher, buscou desvendar sua psique, trazendo uma inovadora interpretação acerca das mulheres, pois o jovem médico escolheu para seus estudos não o ventre feminino e seu aparelho reprodutor, como era hábito nesta época, mas o cérebro desta, sobre o qual assinala a possibilidade da evolução feminina, se devidamente estimulada pela Educação. Contrapôs-se também aos estereótipos que as viam como pessoas movidas, sobretudo, pela emoção. Para o desenvolvimento deste artigo, baseamo-nos em variados documentos acerca da trajetória de vida de Tito Lívio e, como dito, de sua produção intelectual. Procuramos, assim, lançar algumas luzes sobre sujeitos sociais, em particular de Tito Lívio, que viveram no contexto dos últimos anos do século, explicitando seu protagonismo em sociedade, na qual predominavam o racismo científico e uma visão extremamente negativa da população negra

Article Details

Como Citar
SILVA, José Antonio Novaes da. DOUTOR TITO LIVIO DE CASTRO: NOVAS LUZES SOBRE A TRAJETÓRIA DE VIDA DE UM INESPERADO MÉDICO NEGRO NA CAPITAL DO BRASIL OITOCENTISTA. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, n. 25, p. 43-68, jun. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/606>. Acesso em: 29 fev. 2020.
Seção
Dossiê Temático