A (IN)VISIBILIDADE DA FORMAÇÃO CONTINUADA PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: A VISÃO DE PROFESSORES DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Main Article Content

Simone Ferreira Soares dos Santos

Resumo

Este artigo é fruto da dissertação vinculada ao Observatório da Educação, Relações étnico-raciais, gênero e desigualdade social no ensino fundamental do 6º ao 9º ano em escolas públicas estaduais de Campo Grande - MS, financiado pela CAPES/INEP. A pesquisa foi realizada com professores dos anos finais da educação básica de uma escola com alto IDEB. Têm como objetivo trazer uma discussão sobre formação continuada, demonstrando a visão dos professores em relação a (in) visibilidade para as relações étnico-raciais, considerando a implementação da Lei 10.639/2003. Concluímos que  a formação continuada deveria garantir aos professores conhecimentos para as relações étnico-raciais para poderem contribuir para a desconstrução do mito da democracia racial, das relações racistas e discriminatórias que existem no espaço escolar.

Article Details

Como Citar
SANTOS, Simone Ferreira Soares dos. A (IN)VISIBILIDADE DA FORMAÇÃO CONTINUADA PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: A VISÃO DE PROFESSORES DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, n. Ed. Especi, p. 662-675, jun. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/490>. Acesso em: 21 set. 2018.
Seção
Caderno Temático