PRÁTICAS CULTURAIS, RELAÇÕES POLÍTICAS E ESTRATÉGIAS DE LUTA POR DIREITO A TERRITORIALIDADE

Main Article Content

Maria Consolação Lucinda

Resumo

Este texto pretende discutir algumas situações em curso no Maranhão que evidenciam conflitos entre coletivos formados por representantes de comunidades tradicionais a partir de narrativas sobre povos de terreiro e quilombolas. Através de procedimentos de pesquisa empírica que envolveram a participação de agentes sociais e focalizaram temáticas e questões relativas as dimensões do território, da religião e da construção identitária. São narrativas que circunscrevem problemáticas cotidianas vivenciadas em alguns municípios da região denominada Baixada Maranhense e também da região Metropolitana de São Luís. Identifica-se uma crítica à perspectiva instrumentalista do uso dos recursos naturais, com ênfase nos desequilíbrios ecológicos e nos danos decorrentes de empreendimentos imobiliários, agronegócio, construção de portos e de refinarias petrolíferas etc.

Article Details

Como Citar
LUCINDA, Maria Consolação. PRÁTICAS CULTURAIS, RELAÇÕES POLÍTICAS E ESTRATÉGIAS DE LUTA POR DIREITO A TERRITORIALIDADE. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 9, p. 224-249, dez. 2017. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/462>. Acesso em: 21 set. 2018.
Seção
Caderno Temático