ZUMBI DE MACACÃO: DEBATE HISTORIOGRÁFICO E ABORDAGENS SOBRE A HISTÓRIA SOCIAL DO TRABALHO E DA ESCRAVIDÃO

Main Article Content

Lucimar Felisberto Santos Carlos Augusto Santana

Resumo

Este ensaio tem como objetivo uma reflexão crítica sobre o processo historiográfico dialógico que envolve revisões de abordagens, temas e sujeitos da história social da escravidão e do trabalho brasileiro. Nesta chave, que inclui o uso da memória, na mediação da discussão da lei 10.639, a ideia é dialogar com algumas das perspectivas analíticas que colaboraram para que, há algum tempo, fossem aprofundados exames com vistas a rever uma vertente historiográfica que tratou como um objeto tanto o trabalhador negro escravizado quanto aquele que conseguiu a sua liberdade. Destaca-se criticamente o fato de essa vertente não os ter incluído no chamado processo de formação da classe trabalhadora brasileira, por não admitir trabalhadores de tais categorias como sujeitos de suas próprias histórias.

Article Details

Como Citar
SANTOS, Lucimar Felisberto; SANTANA, Carlos Augusto. ZUMBI DE MACACÃO: DEBATE HISTORIOGRÁFICO E ABORDAGENS SOBRE A HISTÓRIA SOCIAL DO TRABALHO E DA ESCRAVIDÃO. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), [S.l.], v. 10, n. Ed. Especi, p. 65-90, jun. 2018. ISSN 2177-2770. Disponível em: <http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/article/view/399>. Acesso em: 21 set. 2018.
Seção
Caderno Temático