O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • Não há nenhum dado relativo à autoria no documento.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página.
  • O título, resumo e palavras-chave contém as três traduções: Abstract em inglês, Résumé em francês, Resumen em espanhol.
  • O texto fez referência de ao menos uma citação de um manuscrito publicado pela Revista da ABPN
  • O/a autor/a, ou ao menos um/a autor/a no caso de coautoria, esta filiado a Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as

Os textos deverão ser submetidos de acordo com as seguintes normas:



  1. Para publicar na Revista da ABPN é desejável que o/a autor/a, ou ao menos um/a autor/a no caso de coautoria, esteja filiado a Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as. Ainda não é um/a associado/a? Filie-se aqui https://www.abpn.org.br/filiacao-1

  2. Digitados eletronicamente em Word para Windows, OpenOffice ou RTF, no formato A4, fonte Times New Roman, corpo 12, espaço entrelinhas de 1,5 e justificado. Os artigos devem respeitar os limites de 15 a 25 páginas, contando com as referências bibliográficas. Resenhas, entrevistas e demais textos devem obedecer o limite de cinco páginas.

  3. As resenhas de livros, teses, filmes, produtos de hipermídia, etc. deverão possuir título próprio, diferenciandos do título da obra resenhada. A indicação da obra deve ser feita abaixo do título da resenha.

  4. Não deve ser colocado nenhum dado relativo à autoria no documento (nome, titulação e e-mail). Como a Revista da ABPN adota o sistema duplo cego de avaliação, é necessário que não haja identificação de autoria no corpo do texto ou em notas de rodapé, nem nas propriedades do arquivo em PDF. Essas informações constam no Cadastro no Sistema da Revista e serão acrescentadas, após a aprovação do texto, pelos editores. Ressalta-se a importância de preencher corretamente o cadastro com as seguintes informações: nome completo; vínculo institucional ou última ocupação profissional; cidade, estado e país da instituição; titulação mais alta (graduado, especialista, mestre/mestrando, doutor/doutorando), endereço, telefone, celular, e-mail de contato.

  5. Título: centralizado, em negrito, com inicial maiúsculo, fonte Times New Roman tamanho 14

  6. Resumo: Resumo com abstract, resumé e resumen de até 10 linhas, com ate cinco palavras-chave, keywords, mots-clés e palabras-clave. Fonte Times New Roman 11, com espaçamento entre linhas simples, com o alinhamento justificado e em bloco. O título, o resumo e suas palavras-chave OBRIGATORIAMENTE devem conter três traduções: Abstract em inglês, Résumé em francês, Resumen em espanhol. 

  7. O texto deve fazer referëncia de ao menos uma citação de um manuscrito publicado pela Revista da ABPN.

  8. Os textos podem conter ilustrações, gráficos, tabelas e quadros, sendo indispensável sua numeração e igualmente mencionar na legenda o título e as fontes utilizadas. Imagens (fotos ou figuras) devem ter resolução mínima de 300 dpi, em formato JPG, JPEG ou PNG. Esses elementos devem ser inseridos no corpo do texto, cuja legenda deve ser indicada na parte superior com numeração (Times New Roman, tamanho 12, negrito) e sua fonte na parte inferior (Times New Roman, tamanho 10), com espaçamento simples

  9. As notas deverão conter somente comentários necessários no desenvolvimento dos conceitos dos textos e não para citações bibliográficas. Devem vir em rodapé, com todas as referências às fontes de praxe. Os indicadores de nota de rodapé devem ser colocados depois da pontuação. Ex.: Brincadeira ou não, o certo é que as autoridades provinciais pediram a expulsão deste haitiano do Brasil.1

  10. As citações de trechos de obras e documentos devem seguir estes padrões: até três linhas devem ser incorporadas ao texto entre aspas. A partir de quatro linhas, devem vir separadas do texto principal, digitadas em corpo 11, com recuo em relação à margem esquerda de 2,5 cm, sem aspas no começo e no fim. Em ambos os casos não se deve usar itálico.

  11. Todas as citações devem estar acompanhadas de suas referências bibliográficas entre parênteses, com o sobrenome do(a) autor(a), ano e páginas da publicação. Exemplo (Walker, 2001, p. 196).

  12. As Referências Bibliográficas deverão ser colocadas ao final do artigo em corpo 11, espaçamento simples, de acordo com as seguintes normas:


Fontes: indicar, com precisão, sua origem em documentos escritos, orais, iconográficos e outros. Fontes devem indicar na ordem, a instituição, o fundo, o documento e data em formato dd/mm/aaaa (este formato é válido para todas as indicações de datas).


Artigo em revista: Exemplo: ARAÚJO, Emanoel. Negras Memórias: o imaginário luso-afro-brasileiro e a herança da escravidão. Estudos Avançados, v. 18, n. 50, 2004, p. 242-250.


Capítulo em livro coletivo: Exemplo: CUNHA, Olívia Maria Gomes. Criadas para servir: domesticidade, intimidade e retribuição. In: CUNHA, Olívia Maria Gomes e GOMES, Flávio dos Santos. Quase-cidadão: histórias e antropologias da pós-emancipação no Brasil. Rio de Janeiro: FGV, 2007.


Livro: Exemplo: SOUZA, Florentina da Silva. Afro-descendência em Cadernos Negros e Jornal do MNU. São Paulo: Autêntica: 2005.


Tese ou dissertação: Exemplo: REIS, Isabel Cristina Ferreira dos. A família negra no tempo da escravidão: Bahia, 1850-1888. Tese (Doutorado em História), Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2007.


Site: Exemplo: TRINDADE, Raquel. Solano Trintade, meu pai. Disponível em: www.quilombhoje.com.br/artigos/ artigos.php. Acessado em: 15 de dezembro de 2009.


Não serão considerados textos remetidos fora destes padrões.


Os textos deverão ser submetidos em: http://abpnrevista.org.br/revistas


O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Os coautores também devem estar cadastrados no sistema. Caso já tenha se cadastrado basta acessar o sistema e iniciar o processo de submissão.


POLÍTICA ANTIPLÁGIO


Todo manuscrito submetido a Revista da ABPN é analisado em programa antiplágio (Plagius - Detector de Plágio), antes de ser encaminhado para avaliação. A finalidade do procedimento é identificar plágio e autoplágio. Considera-se plágio a cópia do trabalho intelectual de outrem, seja o conjunto da produção, seja um fragmento desse trabalho, sem que lhe seja atribuído o devido crédito. Autoplágio é a reprodução, total ou parcial, de um trabalho de própria autoria, já publicado anteriormente, sem sua devida identificação. Situações de autoplágio têm sido recorrentes quando, por exemplo, relatórios de pesquisa, teses e/ou dissertações e trabalhos apresentados em eventos científicos são publicados literalmente em formato de artigo. Nesses casos, a revista aceitará o manuscrito, desde que haja um investimento de autoria no sentido de reformular a versão anterior e menção clara da produção original.


SOBRE O PLAGIUS - DETECTOR DE PLÁGIO


Plagius é um software detector de plágio que analisa trabalhos acadêmicos e documentos em busca de trechos copiados da internet ou de outros arquivos.


O programa auxilia na árdua tarefa de encontrar plágio, permitindo que se encontre facilmente trechos copiados diretamente de sites da internet ou textos de outros arquivos no seu computador.


O Plagius analisa documentos de diversos formatos (Word, PDF, OpenOffice, Html, RTF, Texto plano...) e exibe relatórios detalhados, informando as referências encontradas, a frequência das ocorrências na Internet e o percentual de suspeitas de plágio.


OUTRAS INFORMAÇÕES


Os manuscritos devem ser inéditos, ou seja, não podem ter sido publicados anteriormente com atribuição de DOI (Document Object Identifier), ISSN (International Standard Serial Number; sigla em inglês para Número Internacional Normalizado para Publicações Seriadas) ou ISBN (International Standard Book Number).


É vetada a inclusão de novos autores após a aprovação do artigo. No ato da submissão, todos os autores deverão ser indicados.


Será respeitado o intervalo de pelo menos seis meses para a publicação de artigos de um mesmo autor.


As ideias e opiniões expressas nos artigos publicados são de exclusiva responsabilidade dos seus autores, não refletindo, necessariamente, a opinião do periódico.


A revista permite-se realizar, durante o processo de revisão, pequenas alterações formais no texto, respeitando o estilo e a opinião dos autores.